segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

QUE SAUDADES! * A. A. DE ASSIS - PR

xxx
Não sei o que é possível fazer pelos amigos depois que eles se vão, mas eu vou fazer o que gostaria que os meus amigos fizessem por mim: divulgar a única coisa em que acredito, a obra do sujeito, o legado que ele deixou, aquilo que ninguém pode destruir; verdade! Ninguém tem poder para destruir o pensamento do outro. Pode até explorá-lo. Mas ninguém explora o inimigo. Exemplo: Eu conheço um monte de "MERDITORES" que reproduzem os livros de autores marxistas, e ganham muito dinheiro com isso, mas o resultado é uma catástrofe sobre eles: como não pagam seus empregados corretamente, perdem tudo na justiça. Eu mesmo arregacei com um.
Estou dizendo isto aqui apenas para registrar a intensão com que estou divulgando o livro acima: QUE SAUDADE!, de autoria do Amigo, Amigo sim, com A maiúsculo ANTONIO AUGUSTO DE ASSIS, o A. A. de Assis das trovas, trovas bem lapidadas, delineadas com o máximo esmero,  todo dedicado a AMIGOS, amigos que pela minha crença cristã, estão trovando com NOSSO SENHOR, estão vibrando por aquilo em que acreditam. E eu creio tanto quanto A. A. de Assis que podemos até discordar do fundo, mas concordamos na forma: Estamos também vibrando pelo que acreditamos: NOSSA OBRA, nosso legado e, por isso, divulgamos os AMIGOS: A. A. de Assis, Luiz Otávio, Adelmar Tavares, Aparício Fernandes, JG de Araujo Jorge, Lilinha Fernandes, Augusta Campos, Colbert Rangel Coelho, Durval Mendonça, José Maria Machado de Araujo, Elton Carvalho, Orlando Brito, Magdalena Léa, Carlos Guimarães, Rodolpho Abbud, Nydia Yaggi Martins, Mewton Meyer, Barreto Coutinho, Waldir Neves, Vera Vargas, Belmar Barrão, Milton Nunes Loureiro, Izo Goldman, Helena Kolody, João Freire Filho, Hermoclides Siqueira Franco, Alonso Rocha, Adalberto Dutra de Resende, Miguel Russowsky, Nadia Huguenin, Sofia Irene Canalles, Walneide Fagundes Guedes, Adelmar Macedo, Padre Celso de Carvalho, Lucy Sother da Rocha, Reinaldo Moreira de Aguiar, Galdino Andrade, Zalkind Piatigorsky, Antonio Roberto Fernandes...
***